29.5.11

Atualização

Querem saber o real motivo de eu não estar atualizando?

É que o Benjamin está TÃO engraçado, TÃO falante, e tantas coisas dele são dignas de postagem, que eu ia passar o dia inteiro atualizando isso.

Vejam só, hoje eu estava no carro com minha irmã, meu sobrinho, minha irmã mais nova e o Benjamin. Quem nos conhece, sabe que é um pouco difícil ser ouvido quando estamos reunidos, então meu sobrinho gritou "Mãããe", , minha irmã responde "oi" e eles engatam no assunto desejado. Aí o Benjamin repete "Mããããe", e eu "Oi?" e ele "Não é você mãe, é a mãe da tita".

Sim, ele já responde com frases completas. Ele pede tudo com frases completas. O café da manhã, cujo cardápio é ditado por ele, vem com pedidos do tipo:

"Mamãe, levanta. Hoje eu quero pãozinho com geléia de blueberry."

O gênio continua firme e forte. Ele passou de bullied na escolinha para o papel de bully.

- Benjamin, o que você fez na escolinha hoje?
- Bateu na coleguinha, e puxou o cabelo dela. Pode bater no coleguinha? Nããããão, machuca. Quer bater no coleguinha.

Em uma torrente de ideias, palavras e frases. Ele fala muito, fala o tempo todo, e se não tem assunto para falar, vai simplesmente narrando o que está vendo em cadência musical. "Rua, árvore, coqueiro, mar, nuvem."

Extremamente observador. Outro dia o sol o estava incomodando no carro. "Mamãe, guarda o sol. Não quero o sol, quero nublado."

A tita o ensinou que quando o sol vai dormir aqui, ele está trabalhando no Japão. "Filho, está na hora de tomar banho, o sol já foi dormir." "Quero ir pro Japão, mamãe."

E por aí vai.

O que acontece? Estou trabalhando, o que é bom. Mas estou trabalhando com internet, o que me tira toda a vontade de lidar com a mesma quando chego em casa. E também o fato de que Victor e eu estamos casados (oi?) e só temos um computador com internet em casa, então o tempo é dividido de acordo com as demandas.

Como o Benjamin só dá sinais de que vai ficar cada vez mais figurinha, acho que daqui a algum tempo eu volto aqui. Mas é mais fácil me ver pelo Facebook, e eventualmente pelo Twitter, narrando as peripécias do não-mais-pequeno bebê. "Você não é bebê, é cri-an-ça." diria o dito-cujo.

3 comentários:

Anne 29 de maio de 2011 21:54  

Ai, eu estava morrendo de saudades... escreve mais, puxa vida! Escreve no word e posta rapidim quando chegar em casa (hã?). Ah, vai!!!

Sim, e muda essa foto que o menino já tá com mais de 2 aninhos, ahsuahsuahs.

Beijocas pra vcs!

Nathaly R. Cavalcante 29 de maio de 2011 23:05  

"Ai, eu estava morrendo de saudades... escreve mais, puxa vida! Escreve no word e posta rapidim quando chegar em casa (hã?). Ah, vai!!!

Sim, e muda essa foto que o menino já tá com mais de 2 aninhos, ahsuahsuahs.

Beijocas pra vcs!" (2)

Anderson Santos 4 de junho de 2011 13:27  

Ri muito aqui...