17.6.10

Ainda tem mais?

Tem. Tem muitos primeiros vindo por aí.

O primeiro corte de cabelo. Oficial, porque aos seis meses eu havia levado Ben para aparar o moicano, lembram? Não né, porque ninguém notou nada. Mas aí 8 meses depois sua cabeça cheia de cachinhos estava começando a incomodar um pouco. Por causa do calor, os cachinhos grudavam em sua testa, entravam em seu olho, acabávamos tendo que fazer uma pituca com a mecha da frente e todo mundo perguntava se ele era uma menininha. Aí levei pra cortar né, pedindo pra tirar só um teco, a parte que embaraçava (o antigo moicano, que eram os fios mais longos) e a franja. Não consegui achar nenhuma foto dele sem a pituca no cabelo, mas deixo aqui uma demonstração da mesma e do desprezo de Benjamin pelos adereços da torcida canarinho:



E ele foi um lord. Claro que o salão era completamente equipado para crianças, brinquedos até no teto, uma cadeira em formato de avião, ajudantes com aventais coloridos, aquários, isso ajudou bastante. Não dá pra levar um bebê de 1 ano em qualquer salão, e esse valeu cada um dos (muito) centavos que paguei. Ela conseguiu cortar tranquilamente, eu tirei foto de tudo. Olha:


Ganhei um saquinho com os cachinhos e a data do corte anotada, tudo muito fofinho. E aqui ele, comendo sozinho com o cabelo cortado. Sim, está cortado. Não estão vendo que não entra mais no olho? Ó outra foto:


Daí depois ele fez o primeiro hemograma de "rotina" de sua vida. O outro foi no hospital, de "emergência", tratamento totalmente diferente, deitaram o menino na cama, seguraram dos dois lados e foi uma choradeira de mãe e filho. Esse não, tal e qual no teste do pezinho, Ben foi pro peito, estremelicou mas não chorou. Quis ficar olhando o que a moça estava fazendo, mas o peito era mais importante e as duas atividades eram fisicamente incompatíveis. Mamou. E depois mostrou para todo mundo seu adesivo de menino corajoso, que permaneceu um tempo recorde para um bebê: 2 horas.

Por que eu fiz o hemograma? Porque achei que Ben pudesse estar com verme. Diz o dito popular que menino que range os dentes, tem verme (e a Sônia Hirsch confirmou), então né, fiquei preocupada. Isso viria a ser desmistificado mais tarde no mesmo dia, mas calma que eu chego lá. E não, ele não tem vermes, apesar de comer terra, pedra, comida e afins. 



Aí também por causa desse ranger de dentes, levei-o na odontopediatra, antigamente conhecida como dentista. Sem plano odontológico, tive que optar pela opção mais barata próxima e olha, escolha super acertada, viu? A menina (porque sou tiazona, senhora, mãezinha, oquei?) muito educada, didática, não forçou a aproximação com Benjamin, tirou todas as minhas dúvidas, acho que ela nasceu para ser dentista odontopediatra.

Daí ela explicou que o ranger de dentes na idade de Ben não está relacionado a vermes. É normal, pois os dentes são coisas novas na boca dele, e ele os está testando e se acostumando com eles. Principalmente porque ele só tem os dentes da frente, então é complicado para ele conseguir fechar a boca.

Aí ela olhou os dentinhos dele, tudo certinho, limpinho. Ensinou a limpar com uma gaze embebida em água filtrada ou fervida, e depois deu um balão. Elogiou bastante a rotina alimentícia dele, mandou continuar sem açúcar, deu uma escova de dente apropriada para a boca dele, e pasta de dente sem flúor para daqui a alguns meses, quando a escovação for uma coisa de acordo mútuo e não uma sessão de tortura (eu sou a torturada, tá, porque ele me morde).

E agora, em ritmo de copa, deixo vocês com um vídeo de Benjamin elegendo o melhor jogador da seleção canarinho. Seus critérios foram unicamente fonéticos, não o critiquem muito duramente. Ele está apenas começando nessa vida futebolística. E estava mamando.

3 comentários:

Anderson Santos 17 de junho de 2010 14:26  

Que legal! Ainda por cima o Kaká tem a vantagem de ser melhor pronunciável, acho que nem o pessoal do marketing esportivo pensou nisso.

amelices 18 de junho de 2010 21:53  

Ai que lindeza!
Bruno fala "poooou" para os fogos.
O corte de cabelo dele foi bem parecido com o de Ben. E ele fica super tranquilo vendo o dvd. Já cortamos 3 vezes e já preciso levar novamente. Uma moita!

Beijos.

Aline.

Nathaly R. Cavalcante 20 de junho de 2010 17:35  

Que bom que vc voltou a colocar fotos dele :)